rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

terça-feira, outubro 10, 2017

ESTÓRIA COM MORAL AO FUNDO...



Ele era um grande  empresário vila-condense. Forte, em tudo, até no espírito folgazão. Muito devoto de Santo Amaro e da Senhora de Fátima a quem responsabilizava pela sua longevidade.
Tinha uma grande  oficina do ramo automóvel, no centro de Vila do Conde. Na sua casa da Junqueira fazia muitos convívios, sobretudo no verão.
Num desses dias, à porta dessa casa,  contou-me esta estória que jamais esqueci.
Dizia-me ele:
__ Eu tenho orgulho em ser de direita. Sou mais CDS do que PSD, confesso. Mas uma vez fiz uma mudança de camisola artificial para me livrar de uns canalhas...

E foi por ali fora contando o episódio, digno de   figurar nos anais da nossa estória trágico-cómica  local.

Há já muitos anos, durante um longo período, constatava que à entrada da referida oficina apareciam uns cagalhões dignos de figurar no Guiness! Aquilo era obra de mais do que um cavalheiro, afiançava ele, pois o "calibre" dos resíduos fecais era variável. Como terminar com aquele suplício? que mal teria feito ele para merecer aquelas prendas nauseabundas?
Pensou, isto é política local. Só pode ser.
Vai daí,  engendrou um plano para acabar com aquela provocação diária.
Começou a falar com os viciados na droga que por vezes ali passavam e confessou-lhes que tinha mudado de cor política. Agora era "vermelho",  e até passara a ser assinante da "folha de couve" , um conhecido jornal de um partido local. E punha-se à porta, ostensivamente,  a ler o referido jornal,  pelo qual não nutria simpatia nenhuma. Era uma estratégia. Era apenas um teste para ver se acabava com aquela pouca- vergonha. Todos os dias ter de mandar limpar excrementos humanos,  era demais. E o que é demais é erro!
Mas o certo é que a estratégia resultou!
Nunca mais se viram dejetos humanos à porta da oficina! Remédio santo!

MORAL DA ESTÓRIA: Se queres acabar com o mal, procura a origem!!!