rouxinol de Bernardim

Um blogue plurifacetado procurando abordar questões de interesse sob perspectivas diversificadas. A independência sim, mas sempre subordinada a parâmetros de bom senso, de optimismo e de realismo.

Minha foto
Nome:

Penso, sonho, trabalho, amo... logo, existo!

domingo, novembro 19, 2017

Monte e Praça, olhos de Vila do Conde



O Monte e a Praça são
Os olhos da nossa terra
Dão `a gente uma visão
Do melhor que a vida encerra.
 
Comunhão tão fraternal
Uma sã rivalidade
A dançar dão festival
São dois sóis, nesta cidade.
 
Cada qual tem sua história
Vão ao mar, com devoção;
A dançar, palpita a glória
De um fraternal coração.
 
Braços ao alto!, Maria,
Perna ligeira!, Manel,
Canta e dança, é alegria
Cada um com seu papel.
 
Há fogueiras na cidade
E no coração da gente,
Arde em fogo a mocidade
É pulmão incandescente.
 
Os ranchos são a centelha
Os vulcões de lava ardente
Gente nova, gente velha,
Monte e Praça... Luz, somente.
 
S. João dança também,
Perde a cabeça, outra vez
O luar só lhe faz bem
É luar, tão português.

sábado, novembro 18, 2017

Era uma vez o "Rei-Sol"...



Zéfiro vai soprando com vigor
As folhas já caducas vão caindo
Até o Rei-Sol lá vai no sol pôr
No horizonte, lesto, submergindo...

terça-feira, novembro 14, 2017

TECNOFORMA, FRAUDE?!!!

https://www.dn.pt/portugal/interior/bruxelas-diz-que-houve-fraude-na-empresa-de-passos-coelho-8912579.htmlhttps://www.dn.pt/portugal/interior/bruxelas-diz-que-houve-fraude-na-empresa-de-passos-coelho-8912579.html

A fraude foi confirmada por Bruxelas apesar do arquivamento em Portugal. E agora?

Quem vai pagar a fatura?!

O Zé, o eterno Zé contribuinte?!

Haja respeito!

sábado, novembro 04, 2017

JUIZES & CORRUPÇÃO

                             Juiz  Carlos Alexandre, um símbolo da justiça séria e honrada


Vemos tanta miséria envergonhada
E há tantos marajás, vivendo à larga,
Fruto da corrupção desenfreada
E o povo é quem mais sofre, mais amarga.

Quanto sofre um juiz honrado e sério
Soltam-lhe os cães, jagunços mediáticos
Bolsam um ódio cego, vitupério,
Plumitivos servis, tristes asnáticos.

Também há jornalistas verticais
Que não lambem as botas ao poder
E, felizmente, cada vez há mais
Gente de uma só fé, de um só querer.

Vamos remar, unidos, sem ter medo
Contra os chacais malditos, sem pudor,
Há que apontar  as víboras, a dedo,
Ao país nós devemos o favor.


Há tantas sinecuras bem obscenas
E tantas mordomias, nos jornais,
Que a nós, uns  simples Zés, só  resta apenas
Gritar a nossa náusea: é demais!

José  Leite de Sá  O PÂNTANO DOS PÂNTANOS!!!

VER AQUI      O MARAJÁ E A  CORTE FAMILIAR!!!
                             e AQUI

FERNANDA CÂNCIO TAMBÉM SABIA   
USA CÓDIGO

domingo, outubro 22, 2017

CAMÕES NO PANTEÃO!


Perguntei ao Camões, se gostava do banquete no Panteão.

Respondeu assim:




Vindes ao Panteão comemorar
Esta vida tão bela, mas finita;
Aqui a lei da glória mais bendita
Nos abre o apetite p'ra manjar!


Aqui estão os heróis tão portugueses
Alguns, passaram fome toda a vida;
Ao sentir a fartura aqui servida
(Dirão): 
«Deixai algum p'ra nós, vinde mais vezes!»

A tridimensional árvore da vida:
Uns comem, a livros dão guarida,
Outros comem na terra, são raízes...
Todos comem e todos são felizes!
 

sábado, outubro 21, 2017

HAJA TRANSPARÊNCIA


 
 
 

Tal como Eça de Queiroz o vila-condense que os poveiros "roubaram",  sou apologista da verdade,  nua e crua,  em todos os domínios. Quer seja no âmbito político, quer no desportivo, quer no religioso, quer no social. Que se descubra a verdade total é o meu apelo. Agora, este caso dos emails,  está na berlinda o Sport Lisboa e Benfica. Tenho simpatias pelo Luís Filipe Vieira, que ergueu  a nau rubra  dos escombros, após a era ominosa do consulado de Vale  e Azevedo, contudo, o que veio a lume é altamente reprovável, logo há que investigar a fundo.
 Como é possível um país tão carenciado, tão cheio de austeridades, dar-se um mau exemplo de gestão fazendo sair fundos para um alegado bruxo da Guiné?! E os "bruxos" portugueses ficam no desemprego?
Não se faz!, outrora a equipa benfiquista era só constituída por lusitanos puros (mais os puros das ex-colónias), agora, está tudo abastardado. Saem divisas para fora e o país arde em dívidas por todo o lado. Assim, não, meu caro Luís Filipe.
Como contabilizaram esses serviços de bruxaria?
E Nossa Senhora da Luz, que tem um santuário próprio, o que é feito da Fé desta brava gente?
Recordo que Scolari o treinador da seleção recorria à Senhora de Caravaggio e obteve bons resultados. Agora nós, com o centenário de Fátima aí, a concitar as atenções do mundo inteiro, e fazem isto? O SLB desceu ao terceiro mundo ou quê?
Que se investigue a fundo, emails, computadores, latrinas, relvados, bruxarias, tráficos de influências e tudo o que possa afetar a verdade desportiva. E que Nossa Senhora da Luz ilumine os senhores inspetores da PJ, são os meus sinceros votos. Que a VERDADE (nua e crua) venha à tona!
Contudo, por vezes, muitas vezes, as montanhas parem ratos...
 
José Leite de Sá
 

quarta-feira, outubro 18, 2017

Insultar a justiça, de forma leviana...


Os indícios apontados e divulgados amplamente pelas escutas telefónicas aos principais arguidos da Operação Marquês eram convincentes e não deixavam dúvidas. A justiça não estava a cometer nenhuma perseguição, nenhum crime de natureza política,  ou a incidir numa  obsessão  pessoal. No entanto, como já vai sendo vulgar nestas criaturas apanhadas com a boca na botija, os insultos e dichotes sobre a maldade  intrínseca dos procuradores eram constantes. Tudo seria desmistificado na hora certa, era melhor mandar arquivar que não havia provas nenhumas, clamavam eles,  era tudo um "embuste", uma "cabala", um "lamaçal de vitupérios", enfim, a comunicação social afeta a este personagem tudo fez para intoxicar a opinião pública. É óbvio que alguns politicamente gratos, alguns beneficiários colaterais deste esquema, iam fazendo suas as dores alheias e engrossavam o caudal de críticas à justiça.
Agora, finalmente, surgiu a acusação e  os principais visados não esclarecem nada, limitam-se a usar frases herméticas denotando uma falta de argumentação que impressiona. Dizem apenas: «é tudo falso!», «tenho a consciência tranquila», «tudo um romance com muitas páginas»!

As cassetes habituais nestas circunstâncias. e isto vai durar uns anos até que a verdade límpida e cristalina possa surgir aos olhos de todos. Vamos ter estas cenas hilariantes, com  livros publicados que mais não são do que pretexto simplório para botar faladura, usar o megafone mediático com ostentação  até à náusea!
 
PS:    A mais  subtil instrumentalização de outros (ministros do seu governo) para atingir fins ilícitos. Um malabarista perfeito! VER AQUI